Skip to content

Quem somos

O blog Empresas na COP faz parte das atividades da IEC – Iniciativas Empresariais em Clima,  movimento formado por representantes de quatro organizações (veja abaixo) que reúnem empresas que atuam na questão das mudanças climáticas. Veja abaixo apresentação feita por representantes dessas organizações realizada em 2011, por ocasião da Conferência de Durban. Em 2012, as Iniciativas participam novamente da COP, dessa vez em Doha.

Confira os posts no blog!

Os principais objetivos da IEC são:

  • Alinhar temas e agendas de cada iniciativa, buscando sinergias nas atuações e propondo ações conjuntas que possam contribuir para o País rumar a uma economia de baixo carbono;
  • Reunir e promover  o intercâmbio das informações e conteúdos produzidos por cada iniciativa, otimizando recursos, qualificando as ações e potencializando a atuação empresarial frente às mudanças climáticas;
  • Fortalecer o posicionamento desse grupo de empresas no diálogo com o governo em cima de uma agenda propositiva.

 

A IEC é composta pelas seguintes organizações:


Câmara Temática de Energia e Mudança do Clima do CEBDS (CT Clima): Coalizão dos maiores grupos empresarias brasileiros, o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável é o representante brasileiro do WBCSD. Atuando desde 1997, o CEBDS consolidou sua posição de referência na temática sustentável, sendo uma das maiores lideranças no processo de transformação paradigmática do atual modelo econômico; para tal, atua com os setores público, privado, terceiro setor e academia, sempre pautado no interesse de seus associados na construção de um desenvolvimento plenamente sustentável à sociedade brasileira. Partindo das premissas e metodologia do documento Vision 2050, do WBCSD, o CEBDS prepara, com vistas à Rio+20, seu Visão 2050 – uma nova agenda para os negócios. Neste, a realidade brasileira é tomada como base com o objetivo de nela identificar metas a serem alcançadas em prol da elevação do país a potência verde nos próximos anos. Para tal, leva em consideração tanto os maiores problemas do país, como erradicação da pobreza, saneamento básico, infraestrutura e expansão da malha energética, quanto suas maiores vantagens competitivas – biodiversidade, água limpa, matriz energética limpa, solos férteis e afins. Para mais informações, acesse www.cebds.org.br

 


Plataforma Empresas pelo Clima do GVces (EPC): Lançada em 2009 em parceria com a rede The Prince of Wales Corporate Leaders Network For Climate Action (CLN) e com o apoio de 27 Empresas Fundadoras, trata-se de uma plataforma empresarial permanente cordenada pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP, e tem por objetivo mobilizar, sensibilizar e articular lideranças empresariais para a gestão e redução das emissões de gases de efeito estufa, a gestão de riscos climáticos e a proposição de políticas públicas e incentivos positivos no contexto das mudanças climáticas. Em janeiro de 2011, o EPC passou a contar com mais 12 empresas, totalizando 39 Empresas Membro, que participam ativamente das ações promovidas pela Plataforma. Para mais informações sobre o EPC, acesse www.fgv.br/ces/epc

 


Fórum Clima – Ação Empresarial sobre Mudanças Climáticas do Instituto Ethos: O Fórum Clima – Ação Empresarial sobre Mudanças Climáticas constitui o grupo de trabalho criado para acompanhar os compromissos da Carta Aberta ao Brasil sobre Mudanças Climáticas, entregue ao governo federal em agosto de 2009, e realizar um diálogo entre o governo e o setor empresarial para que as políticas de enfrentamento às mudanças climáticas possam atingir os melhores resultados, sendo implementadas de forma participativa e com o consenso dos atores envolvidos. O Fórum é composto por empresas e organizações que acreditam que o setor empresarial pode dar uma contribuição decisiva para que o mundo realize a necessária transição para uma economia de baixo carbono, aproveitando novas oportunidades de negócios e reduzindo significativamente os impactos negativos das mudanças climáticas sobre o planeta. O grupo conta hoje com a participação de 18 empresas e três organizações apoiadoras. O Instituto Ethos é responsável pela secretaria executiva do projeto. Saiba mais: www.forumempresarialpeloclima.org.br

 

 

Rede Clima da Indústria Brasileira da CNI: A Confederação Nacional da Indústria (CNI) representa todo o setor produtivo do País: vinte e sete Federações de Indústrias dos Estados da Federação e do Distrito Federal, mais de mil sindicatos patronais, associações setorias e mais de cento e sessenta mil estabelecimentos industriais. Com a missão principal de defender os interesses do setor produtivo no Brasil, a CNI coordena, desde 2008, o Grupo de Mobilização Empresarial sobre Mudança do Clima para atender a agenda de mudança do clima do setor  de maneira propositiva e qualificada. A fim de conferir maior agilidade e qualidade aos debates havidos pelo setor sobre o tema, em maio de 2011 o referido Grupo de Mobilização foi substituído pela Rede Clima da Indústria Brasileira. A Rede é uma plataforma virtual de troca de informações sobre o tema Mudança do Clima. Para mais informações acesse www.cni.org.br

Parceiros

Twitter Facebook Facebook Twitter Twitter Facebook Facebook Twitter

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para se inscrever a nossa newsletter.